Coronavírus

Avó e neto morrem vítimas da covid-19 com três dias de diferença

Reprodução Facebook

Estavam internados no hospital.

Saiba mais...

Um jovem de 25 anos e a sua avó, de 78, morreram infetados com covid-19, na Argentina, com três dias de diferença. Estavam internados num hospital no município de Oncativo, na cidade de Córdova.

Maria, de 78 anos, morreu a 9 de junho, e o neto, Agustín, faleceu apenas três dias depois, a 12 de junho. Nas redes sociais, o filho de Maria e pai do jovem escreveu uma mensagem emotiva.

“Ensinaste-me a ser um pai quando ainda era muito jovem. Tinhas tanto para dar e partiste. (…) Estarás sempre connosco, em cada churrasco, em cada piada, em cada momento. (…) Viverás para sempre em mim”, escreveu em memória do filho.

A tia do jovem e filha de Maria despediu-se da mãe, também numa mensagem divulgada nas redes sociais.

“(…) Mostravas-nos que ia sempre ficar tudo bem, para não nos preocuparmos. Há sete dias tirámos a última foto juntas, sem saber o que aconteceria a seguir. Estarás sempre no meu coração e nos valores que nos deixas”, cita a imprensa local.

  • Dentro do coração
    4:23

    Futuro Hoje

    Há 7 anos no Futuro Hoje mostrámos pela primeira vez um pacemaker que se instala dentro do coração. Em Portugal há muitas pessoas a quem este aparelho salvou a vida. Só o Dr. Diogo Cavaco, cardiologista que introduziu esta técnica no país, já instalou mais de cem aparelhos destes.