Coronavírus

Covid-19. Norte é a região com o índice de transmissibilidade mais alto do país

Ribeira, Porto

Tanatat pongphibool ,thailand

Indicador estima o número de casos secundários de covid-19 resultantes de uma pessoa infetada.

Saiba mais...

O Norte é a região de Portugal que apresenta um índice de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 mais elevado, com 1,34, mas todas as outras estão acima do limite de 1 neste indicador da pandemia de covid-19.

Segundo o relatório sobre a curva epidémica do Instituto de Saúde Pública Doutor Ricardo Jorge (INSA) divulgado esta sexta-feira, todas as regiões de Portugal continental apresentam um índice de transmissibilidade (Rt) - que estima o número de casos secundários de covid-19 resultantes de uma pessoa infetada - superior a 1,20, com exceção de Lisboa e Vale do Tejo, que regista 1,12.

O Centro está com um Rt de 1,23, o Alentejo de 1,26, o Algarve de 1,21, os Açores de 1,15 e a Madeira de 1,29.

Algarve tem o maior número de novos casos por 100 mil habitantes

Relativamente aos novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias, o Algarve apresenta a maior taxa, com 613,7, enquanto Lisboa e Vale do Tejo regista 421,8, o Norte 172,4, o Centro 136,4, o Alentejo 161,3, os Açores 143,3 e a Madeira apenas 67,3.

"A região do Algarve apresenta uma taxa de incidência acumulada superior a 480 casos por 100 mil habitantes, as regiões de Lisboa e Vale do Tejo e do Algarve superior a 240 casos por 100 mil habitantes e as regiões Norte, Centro, Alentejo e Autónoma dos Açores superior a 120 casos por 100 mil habitantes", adianta o relatório do INSA.

Face a esta taxa de incidência de novos casos, o instituto refere que, no contexto europeu, "na mesma situação que Portugal está o Reino Unido".

Segundo o INSA, Portugal apresenta a taxa acumulada de 14 dias entre 240 e 479,9 por 100 mil habitantes e um Rt superior 1, ou seja, uma "taxa de notificação elevada e com tendência crescente".

  • Merkel: mãe e verbo da Alemanha moderna

    Angela Merkel

    Carinhosamente chamada pelos alemães de "Mutti" (mãe), protagonizou um estilo único de fazer política na Alemanha. Não era uma grande oradora, nem fazia discursos inspiradores, mas a postura pragmática valeu-lhe respeito e admiração. "Merkeln" passou a ser verbo na Alemanha, em alusão à forma como a chanceler toma decisões.

    Ana Luísa Monteiro