Coronavírus

Variante Delta será dominante no mundo nos próximos meses

Alerta do Centro Europeu para o Controlo de Doenças. 

Saiba mais...

A variante Delta será dominante no mundo nos próximos meses e já foi identificada em quase todos os países europeus. O alerta é do Centro Europeu para o Controlo de Doenças.

Estar na praia convida a banhos, mas também a ser vacinado. França é um dos países europeus onde a variante Delta é dominante e os casos continuam a aumentar, com mais de 100 focos detetados em bares e discotecas. Para incentivar à vacinação, há centros a um passo do areal.

A polícia dispersa a multidão que não respeita o recolher obrigatório imposto em Maiorca, uma das ilhas das Baleares onde há mais de 450 casos por 100 mil habitantes. Muitos dos turistas são alemães. Os que não tiverem a vacinação completa terão, a partir de terça-feira de fazer uma quarentena no regresso a casa, uma medida tomada pela Alemanha perante o aumento de contágios em Espanha.

A variante Delta é dominante na maioria dos países europeus e, de acordo com o Centro Europeu para o Controlo de Doenças, será dominante no mundo nos próximos meses. Nos Estados Unidos já o é. A estirpe detetada na Índia representa mais de 80% das infeções.

Na Austrália, nas cidades em confinamento milhares de pessoas manifestaram-se contra as restrições, sem máscara e violando a regra para sair de casa.