Coronavírus

Covid-19. UE garante ter 70% da população vacinada até final de setembro

A variante Delta e as férias estão a atrapalhar o combate à pandemia em vários países.

Saiba mais...

A Pfizer e a Moderna aumentaram o preço das vacinas para a União Europeia, noticia o Finantial Times. Mesmo com o aumento, Bruxelas garante que 70% da população estará vacinada contra a covid-19 até final de setembro.

Os alemães são um dos povos que mais viajam nas férias e o Governo de Berlim decretou novos controlos fronteiriços, aleatórios, a quem regressa ao país. Na origem da decisão está o número de infeções provocado pela variante Delta.

Também nos Estados Unidos, a Administração Biden pondera já novas restrições. Além da mutação mais contagiosa do vírus, também a resistência à vacinação impacta o crescimento de novos casos. Em algumas regiões e franjas populacionais aumentou exponencialmente o número de mortes e infeções nas últimas duas semanas.

Na Ásia, os Hospitais e sistemas de saúde estão à beira da rutura, duas semanas depois das celebrações, sem regras, do maior feriado muçulmano.

No Japão, e com os Jogos Olímpicos ainda em curso, o Governador de Tóquio fez um apelo desesperado.

Na China mantém-se a política oficial de tolerância zero à pandemia, mas, mesmo assim, há oito províncias em alerta máximo com novos surtos da doença explicados também pela variante Delta.

Na Austrália foi decretado o confinamento em Queensland, juntando-se a Sydney e o Estado de Nova Gales do Sul. Brisbane, capital deste estado da costa leste e a terceira cidade do país, é agora uma cidade praticamente deserta.

Veja mais: