Alterações Climáticas

Putin diz que Moscovo e Washington partilham "interesses comuns" sobre questões ambientais

DIMITAR DILKOFF/AFP POOL / POOL

O enviado especial dos EUA para o clima, John Kerry, está em Moscovo.

O Presidente russo, Vladimir Putin, disse hoje ao enviado especial dos EUA para o clima, John Kerry, que Moscovo e Washington partilham "interesses comuns" sobre as alterações climáticas.

"O problema climático é um dos setores em que Rússia e Estados Unidos têm interesses comuns e abordagens semelhantes", disse o Presidente russo, num comunicado hoje divulgado pelo Kremlin, acrescentando que "atribui grande importância" ao cumprimento dos objetivos do acordo climático de Paris e que apoia "um diálogo despolitizado" sobre o assunto.

De visita à capital russa, e durante uma reunião com o chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov, na segunda-feira, John Kerry pediu progressos na cooperação dos EUA com Moscovo sobre o clima.

A Rússia, um dos maiores produtores mundiais de petróleo e gás, assumiu diversos compromissos ambientais nos últimos anos, sugerindo que leva a mudança climática a sério, com as autoridades a revelarem preocupação com o aumento de incêndios florestais a cada verão na Sibéria e ao derretimento de gelo e neve que ameaça várias cidades do Ártico.

Durante o seu discurso anual em abril, Putin declarou que a Rússia deve adaptar-se às mudanças climáticas e ordenou a criação de projetos industriais para reciclar as emissões de carbono.

As alterações climáticas são uma das poucas áreas em que os Estados Unidos e a União Europeia se declararam dispostos a cooperar com a Rússia, num contexto de tensões permanentes.