Alterações Climáticas

Cientistas não têm dúvidas: as alterações climáticas estão a intensificar-se e por culpa do homem

Na última década, as temperaturas bateram recordes e os efeitos no planeta são diretos.

As alterações climáticas existem desde sempre, mas nas últimas décadas intensificaram-se devido à ação do homem e os cientistas não têm dúvida disso.

"Do ponto de vista científico não há dúvidas de que as alterações climáticas existem e são culpa do homem", diz Francisco Ferreira, da Associação ZERO.

Na última década, as temperaturas têm chegado a valores nunca antes registados e os fenómenos extremos têm sido mais frequentes e intensos. Exemplo disso são os mais recentes episódios de desastres naturais que têm acontecido em várias partes do globo, alguns localizados bem perto de Portugal.

Mas se nada mudar a previsão dos especialistas aponta para cenários mais dramáticos. Estima-se que em Portugal morram, por ano, mais de 200 pessoas vítimas do aquecimento global.

Neste momento, o acordo de Paris é uma das armas mais importantes para travar a emissão de gases poluentes e controlar a subida da temperatura.

Veja também