Alterações Climáticas

Os achados históricos que a seca severa deixa a descoberto

A seca está a atingir quase todos os continentes.

A seca está a atingir quase todos os continentes. A escassez de água tem consequências diretas na vida de milhões de pessoas em todo o mundo. Os agricultores procuram soluções para não perderem as culturas deste ano.

A seca na Europa

A s seca na Europa deixou a descoberto uma frota de navios da II Guerra Mundial no rio Danúbio.

O baixo nível de água do rio revelou mais de duas dezenas de embarcações nazis que naufragaram durante a guerra. O Governo diz que contêm mais de 10 mil explosivos.

O rio Danúbio é o segundo maior rio da Europa. A seca prolongada já provocou o mais baixo nível de água registado nos últimos 100 anos.

A Europa está a atravessar a prior seca dos últimos 500 anos.

O alerta é da Comissão Europeia que diz ainda que o calor e a falta de chuva vão manter-se no Mediterrâneo durante pelo menos mais três meses.

A seca em Espanha

A seca prolongada e a onda de calor em Espanha revelaram várias ruínas históricas.

A seca está a deixar os reservatórios de água espanhóis praticamente vazios.

O reservatório de Cíjara deixou ao descoberto uma ponte gótica medieval inundada desde a década de 50.

Na barragem de Buendía, reapareceram ruínas de uma aldeia coberta de lama.

A seca na China

A seca no rio Yangtze, na China, revelou estátuas budistas com mais de 600 anos.

O baixo nível de água do rio deixou a descoberto uma ilha submersa no sudoeste do país. As três estátuas budistas foram encontradas num recife.

A região sudoeste da China tem sido fortemente afetada pela seca e pela onda de calor. Pelo menos 66 rios secaram na região.

A China enfrenta a mais longa onda de calor de que há registo. As reservas de água estão a diminuir e os cientistas já testam formas de provocar chuva artificial, como forma de combater a seca severa.

O calor deverá abrandar nos próximos dias, mas não há previsão de chuva.

Últimas Notícias
Mais Vistos