Crise Energética

O Governo declarou a 9 de agosto a situação de crise energética, face à greve dos motoristas de matérias perigosas. No dia 20, o Executivo aprovou o fim da crise energética, voltando Portugal à situação de normalidade.