Crise nos combustíveis

Ministério da Defesa desmente sindicato: não houve troca de combustíveis

ANTÓNIO COTRIM

A denúncia foi feita esta terça-feria por Pardal Henriques que garantiu que estas situações se registaram em Sesimbra, Peniche e Nazaré.

Ao terceiro dia da greve dos motoristas de mercadorias e matérias perigosas, o Ministério da Defesa desmente que tenha havido troca de combustíveis nas descargas feitas por militares das Forças Armadas.

A denúncia foi feita esta terça-feira pelo Sindicato dos Motoristas de Matérias Perigosas, que garantiu que estas situações se registaram em Sesimbra, Peniche, Nazaré e Alfragide.

Também a Entidade nacional para o Setor Energético diz não ter conhecimento de casos de troca de combustível.

Ainda assim, o sindicato continua a falar em falta de preparação dos militares para exercer a função.