Crise Migratória na Europa

Comandante português descreve momentos marcantes em resgates no Mediterrâneo

Comandante português descreve momentos marcantes em resgates no Mediterrâneo

Comandante Morais Chumbo, da Marinha Portuguesa, coordenou a missão do navio patrulha Viana do Castelo no Mediterrâneo em novembro de 2014.

Na operação que coordenou durante um mês, a sul da ilha de Lampedusa, salvou 585 migrantes. Para além dos riscos destas missões, o Comandante aborda ainda as condições a bordo de navios humanitários e a relação entre tripulantes e náufragos.

Morais Chumbo explica que as abordagens são feitas com cuidado, devido a estarem na presença de embarcações frágeis e cheias de pessoas. “Quando chegam as autoridades, sentem que estão a ser salvos”, explica, dizendo que, na maioria das vezes, muitos dos migrantes estão em hipotermia e “só querem ser salvos”.