Crise Migratória na Europa

Mais de 20 mil refugiados correm o risco de ficar sem abrigo nos próximos meses

Mais de 20 mil refugiados correm o risco de ficar sem abrigo nos próximos meses

O Governo grego aprovou uma reforma na lei de asilo que obriga o abandono das habitações 30 dias depois de atribuído o estatuto de refugiado.

Mais de 20 mil pessoas têm de abandonar as casas que lhes foram atribuídas nos próximos meses.

O motivo é uma reforma na lei, que dá um prazo de 30 dias para os refugiados arranjarem emprego e encontrarem uma nova casa. Só entre março e abril, o governo grego analisou cerca de 23 mil pedidos de asilo. Cerca de 11 mil foram rejeitados.