Crise Migratória na Europa

Desembarque ilegal ou tráfico de droga. Apontados dois cenários ao desembarque suspeito em Aljezur

12 a 15 homens fugiram à chegada das autoridades.

Um desembarque ilegal de migrantes ou tráfico de droga. As autoridades admitem os dois cenários, depois de terem encontrado uma lancha rápida e mais de uma dezena de homens indocumentados num portinho de pesca em Aljezur.

O relato de um pescador à Polícia Marítima dava conta de 12 a 15 homens, junto à rampa do portinho, a tentar passar um cabo pelos cerca de 100 jerricans de combustível que tinham com eles.

Ao largo, uma lancha rápida, com pelo menos 3 motores, parecia aguardar.

O que quer que estivesse prestes a acontecer foi abortado pela chegada das autoridades, que surpreenderam os homens em terra.

No mar, a lancha desapareceu no horizonte sem deixar rasto, além dos jerricans que a polícia marítima foi recolhendo ao longo da manhã.

Já em terra, a GNR, apoiada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e pela Polícia Judiciária, montava uma operação de caça ao homem. Até viaturas passaram a ser verificadas.

O grupo espalhou-se, mas a meio da tarde já as autoridades tinham intercetado mais 6 homens, todos sem documentos, mas a reclamar identidades, que o SEF agora tenta verificar.

Garantiram ter residência em Espanha, embora não expliquem porque ali estavam, de madrugada, num portinho de Aljezur. A maioria diz ser de origem subsariana. Há dois que se apresentaram romenos. Nenhum terá ajudado as autoridades a perceber se se tratou de um desembarque ilegal de migrantes ou um descarregamento de estupefacientes.

A ordem, para já, é para manter a caça ao homem. Os já intercetados vão dormir em vários postos da GNR até serem presentes a um juiz do Tribunal de Lagos.

  • Dentro do coração
    4:23

    Futuro Hoje

    Há 7 anos no Futuro Hoje mostrámos pela primeira vez um pacemaker que se instala dentro do coração. Em Portugal há muitas pessoas a quem este aparelho salvou a vida. Só o Dr. Diogo Cavaco, cardiologista que introduziu esta técnica no país, já instalou mais de cem aparelhos destes.