Crise Migratória na Europa

Resgatados mais de 300 migrantes ao largo das Canárias

Loading...
Entre as pessoas resgatadas estão uma criança e uma mulher grávida.

As autoridades espanholas resgataram 317 pessoas de embarcações precárias e do mar durante a noite passada só nas costas da ilha de Lanzarote, no arquipélago das Canárias, revelaram esta sexta-feira os serviços de Salvamento Marítimo de Espanha.

Entre as pessoas resgatadas estão uma criança e uma mulher grávida, que foram retiradas do mar por um helicóptero, depois de a embarcação em que estavam se ter virado, lançando à água os oito ocupantes.

A criança retirada do mar está num estado considerado crítico pelas autoridades espanholas.

Fontes dos serviços de Salvamento Marítimo, de emergência 112 e da Cruz Vermelha disseram à agência de notícias EFE que a criança é um rapaz de seis anos de idade, que foi reanimado depois de ter entrado em paragem cardiorrespiratória e que apresentava também queimaduras, além de estar desidratado.

Além destas 317 pessoas, outros 15 migrantes chegaram durante a noite à ilha de Lanzarote, depois de desembarcarem, pelos seu próprios meios, numa praia, segundo as autoridades espanholas.

Lanzarote, com cerca de 155.000 habitantes, é a ilha do arquipélago atlântico das Canárias que está localizada mais perto da costa de África Ocidental.

Milhares de pessoas oriundas de África tentam todos os anos entrar na Europa ilegalmente através das costas espanholas, mas a maioria tenta fazê-lo através do sul de Espanha continental, cruzando o Mediterrâneo em embarcações precárias.

Últimas Notícias
Mais Vistos