Crise Migratória na Europa

Bebé de 3 meses morre em centro de refugiados na Holanda sobrelotado e com condições precárias

Loading...
As condições precárias levaram a organização Médicos sem Fronteiras a aceitar uma missão num dos países mais ricos do mundo.

A organização Médicos Sem Fronteiras critica o Governo holandês pelas condições do principal centro de acolhimento de refugiados no país.

Esta organização normalmente trabalha nas regiões mais pobres do planeta, mas neste momento está a dar assistência a centenas de pessoas no centro de acolhimento de refugiados de Ter Apel, no nordeste da Holanda, onde esta semana morreu um bebé de três meses, em circunstâncias que ainda estão por apurar.

O Conselho Holandês para os Refugiados, uma organização não-governamental que dá apoio aos migrantes e aos que procuram asilo, diz que as condições no centro são inaceitáveis e que violam as leis europeias dos direitos humanos.

Últimas Notícias
Mais Vistos