Crise na Venezuela

Grupo de Contacto para a Venezuela condena decisão de afastar Guaidó da política 

Grupo de Contacto para a Venezuela condena decisão de afastar Guaidó da política 

O autoproclamado presidente interino da Venezuela foi destituído da presidência da Assembleia Nacional por suspeita de corrupção. Guaidó fica proibido de exercer cargos públicos durante 15 anos.

O Grupo de Contacto para a Venezuela condenou, a partir de Quito, no Equador, a decisão que afasta Juan Guaidó da política nos próximos 15 anos, o máximo previsto pela lei. O autoproclamado presidente interino da Venezuela desvaloriza. Guaidó promete pôr em marcha uma operação para derrubar o Governo nos primeiros dias de abril, numa altura em que Maduro assume manutenção da rede eléctrica como prioridade nacional.

  • Saiba quais são os medicamentos que contêm ranitidina
    0:53