Crise na Venezuela

Assembleia Constituinte da Venezuela pede o apoio dos chavistas

RAYNER PENA

Venham a Miraflores para nos encontrar no palácio a defender a revolução, defender o nosso povo, imediatamente"

O Presidente da Assembleia Nacional Constituinte (ANC) da Venezuela, Diosdado Cabello, pediu hoje aos partidários 'chavistas' que se concentrem nos arredores do palácio presidencial para "defender" a revolução perante o "plano golpista" contra o Governo de Nicolás Maduro.

"Convidamos todo o povo de Caracas, venham para o palácio de Miraflores, aqui estamos, se Deus quiser. Venham a Miraflores para nos encontrar no palácio a defender a revolução, defender o nosso povo, imediatamente", declarou num ao canal estatal VTV.


O pedido de Cabello vem depois de o presidente do Parlamento venezuelano, Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino por mais de cinquenta países, anunciar que "a família militar de um vez (por todas) deu o passo" para se juntar a ele e obter "o fim definitivo da usurpação" do Governo de Maduro.

Lusa