Daesh

Forças Democráticas Sírias anunciam fim do "califado" do Daesh na Síria

Stringer .

EUA acreditam que Daesh ainda tem cerca de 20 mil jihadistas na Síria e no Iraque.

As Forças Democráticas Sírias anunciaram este sábado que o "califado" do grupo extremista Daesh foi totalmente eliminado, após combates em Bagouz, o último reduto jihadista na Síria.

"As Forças Democráticas da Síria (SDF) declaram a total eliminação do autoproclamado califado e a derrota territorial de 100% do Daesh", declarou um porta-voz do SDF, Mustefa Bali, em um comunicado.

"Bagouz é livre e a vitória militar contra o Daesh foi alcançada", acrescentou.

O SDF sublinhou ainda que vai continuar a combater o que resta do grupo extremista até que eles sejam completamente erradicados.

Combatentes curdos e árabes das Forças Democráticas Sírias (FDS), apoiadas pela coligação internacional liderada pelos EUA, estavam há várias semanas a combater os jihadistas no que consideravam ser o seu último reduto: a cidade de Bagouz, no interior da Síria.

Os Estados Unidos dirigem a coligação internacional que integra mais de 70 países, com o apoio do Conselho de Segurança da ONU, para combater o terrorismo na Síria e no Iraque.

Embora já não controle territórios, os Estados Unidos calculam que o grupo extremista ainda tem até 20.000 militantes na Síria e no Iraque.

"Cremos que existem entre 15.000 e 20.000 seguidores do Daesh, seguidores armados ativos, embora muitos integrem células adormecidas na Síria e no Iraque", indicou, na semana passada, o enviado especial dos Estados Unidos para a Síria, James Jeffrey.

Lusa

  • Do dia da criança ao turismo de natureza no Alentejo
    6:14
  • “Vamos a Jogo” acompanhou Luís Filipe Vieira no dia da reconquista
    15:21