Eleições nos EUA

Eleições nos EUA. Subida em Estados-chave “joga muito a favor” de Trump

Em direto de Washington os enviados especiais da SIC aos Estados Unidos fazem o ponto da situação.

As sondagens mantiveram-se bastante estáveis nestas últimas semanas, com Joe Biden a surgir com uma grande diferença de probabilidade de vitória. No entanto, em alguns dos estados mais importantes há uma aproximação do atual presidente, Donald Trump.

Ricardo Costa, jornalista da SIC Notícias, está em Washington a acompanhar as eleições norte-americanas e relembra que esta aproximação “joga muito a favor do presidente”, embora não o coloque numa posição de favorito à vitória.

Esta tendência ascendente coincidiu com “aquilo que Trump melhor sabe fazer que é campanha eleitoral”. O jornalista da SIC referiu ainda que o atual presidente, que nos últimos dias participou em vários comícios nos Estados mais importantes, mostrou “que ele é, ele próprio, uma arma de destruição maciça do seus opositores e de quem o contraria”.

Ao contrário de Joe Biden que necessita de outros para animar os seus comícios, onde as pessoas têm participado de carro devido à pandemia de Covid-19.

Comparando com o cenário das últimas eleições – em que Donald Trump venceu contra Hillary Clinton – Ricardo Costa lembra que a então candidata Democrata tinha “um índice de impopularidade muito alto”.

“Para não estarmos com rodeios, Hillary Clinton era uma candidata detestada por uma percentagem muito significativa de eleitores, seja do partido Democrata, seja do partido Republicano, seja os chamados independentes ou indecisos”, explica o jornalista da SIC Notícias referindo que o mesmo não acontece com Joe Biden.

Este ano, o jogo do “corte de águas” que Donald Trump fez pode não jogar a seu favor, sublinha Ricardo Costa.