Eleições nos EUA

Eleições nos EUA. 10 pessoas detidas numa noite marcada por protestos

A maior parte das manifestações foram pacíficas, mas vários grupos já prometeram ações de protesto mais agressivas para quando se souber os resultados.

Os protestos violentos que se previam para a noite eleitoral foram, na maioria, manifestações foram pacíficas. No entanto, foram registados alguns confrontos com a polícia. Cerca de dez pessoas foram detidas, mas não há registo de feridos ou danos materiais.

Algumas centenas de pessoas marcharam pelas ruas do centro de Nova Iorque num protesto pacífico que terminou junto a Times Square. Foi a partir desta famosa praça quem muitos dos manifestantes acompanhavam a emissão em direto das principais cadeias de televisão.

Em Washington, a Black Lives Matter Plaza antiga Lafayette Plaza foi palco de protestos contra e a favor do atual presidente, tendo sido registados confrontos com a polícia. Em Seatle, uma dezena de pessoas foi detida.

Num país dividido, a maior parte das manifestações que ocorreram durante a noite eleitoral foram um continuar dos despiques que marcaram a campanha eleitoral No entanto, vários grupos de ambos os lados já prometeram ações de protesto mais agressivas assim que se venha a conhecer os resultados.

As autoridades isolaram as zonas mais sensíveis das cidades mais importantes, enquanto as lojas e empresas decidiram proteger-se tapando portas e montras com placas de madeira.

ACOMPANHE AO MINUTO A NOITE ELEITORAL NOS EUA

Veja também: