Eleições nos EUA

Bolsas europeias em alta, otimistas face às eleições nos EUA

Michael Probst

Apesar dos resultados "muito renhidos" ainda não serem conhecidos.

As principais bolsas europeias abriram esta quinta-feira em alta, otimistas com as presidenciais norte-americanas, apesar dos resultados "muito renhidos" ainda não serem conhecidos.

Cerca das 08:40 em Lisboa, o EuroStoxx 600 valorizava-se 0,92%, para 366,66 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt avançavam 0,33%, 0,97% e 1,09%, respetivamente, bem como as de Madrid e Milão, que se valorizavam 1,01% e 1,44%.

Depois de ter aberto em alta, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 08:40, o principal índice, o PSI20, subia 0,60%, para 4.092,54 pontos.

Na quinta-feira, a bolsa de Nova Iorque fechou em alta, com o Dow Jones a subir 1,34%, para 27.847,66 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado, em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq terminou a valorizar-se 3,85% para 11.590,78 pontos, contra o atual máximo de sempre, de 12.056,33 pontos, em 02 de setembro.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1750 dólares, contra 1,1715 dólares na quarta-feira e o máximo desde 15 de maio de 2018, de 1,1944 dólares, em 31 de agosto.

O barril de petróleo Brent para entrega em janeiro abriu com tendência negativa, a cotar-se a 40,80 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 41,23 dólares na quarta-feira e o máximo desde março, de 48,29 dólares, em 25 de agosto.