Eleições nos EUA

Procurador-Geral dos EUA garante: não há provas de fraude nas eleições presidenciais

Declarações de um dos mais destacados membros da atual administração e dos mais próximos de Donald Trump.

O Procurador-Geral William Barr, cargo que nos Estados Unidos acumula as funções de ministro da Justiça, garantiu esta quarta-feira não haver provas de fraude nas eleições presidenciais.

Na Georgia, um dos estados em que Trump perdeu uma recontagem, há um sentimento de revolta. Os principais responsáveis locais pelo sistema eleitoral são sistematicamente ameaçados de morte pelos apoiantes do presidente.

Há novas informações de que Donald Trump estará a ser investigado por conceder indultos presidenciais em troca de dinheiro, segundo documentos de um tribunal de Washington que vieram a público na terça-feira.