Presidenciais

Presidenciais. João Ferreira critica Marcelo por "promover bloco central" 

Candidatura do PCP às presidenciais foi oficializada esta quinta-feira. 

João Ferreira é o candidato do PCP às eleições presidenciais de 2021. A candidatura do eurodeputado e vereador da Câmara de lisboa foi oficialmente lançada esta quinta-feira e com críticas a Marcelo Rebelo de Sousa.

As últimas eleições presidenciais não foram famosas para o PCP. Em 2016, com Edgar Silva, os comunistas conseguiram 3,85% dos votos, longe dos quase 9% de Jerónimo de Sousa 10 anos antes.

Agora os comunistas apresentam João Ferreira. O candidato comunista foi recebido na sala da Voz do Operário e partiu para a corrida a Belém já com um alvo bem definido.

João Ferreira acusa o atual Presidente da República de estar "empenhado numa rearrumação das forças políticas, assente num branqueamento da política de direita", a favor do "bloco central", argumento já usado várias vezes pelo PCP nas últimas semanas.

Pela sua parte, e por oposição a Marcelo, João Ferreira prometeu defender e estar "comprometido com os interesses do povo e não com os interesses dos grandes grupos económicos e financeiros".

"Não há diversões mediáticas que iludam as escolhas feitas, neste domínio, pelo atual Presidente", afirmou.