Presidenciais

"É um confinamento já por si destruidor. Governo tem de cobrir o custo disso"

Luís Dinis

Luís Dinis

Repórter de Imagem

Vítor Moreira

Vítor Moreira

Editor de Imagem

Tiago Mayan esteve de visita ao Porto e reuniu com Rui Moreira.

Com novo estado de emergência à porta acompanhado por um novo confinamento, Tiago Mayan não poupa palavras nas críticas às decisões de Marcelo Rebelo de Sousa e à atuação do Governo.

O candidato apoiado pela Iniciativa Liberal não entende algumas das medidas do novo estado de emergência que entra em vigor sexta-feira.

De visita ao Porto, Tiago Mayan reuniu com Rui Moreira e durante cerca de uma hora foram debatidos vários temas como as eleições presidenciais. O candidato acusa o Governo de "total impreparação" na organização das votações.

ACOMPANHE AQUI A SIC NA CAMPANHA