Presidenciais

Ventura e Mayan culpam Governo pela subida de casos de covid-19. João Ferreira diz que "temos de perceber decisão"

Alguns dos candidatos à Presidência da República reagiram ao anúncio do novo confinamento.

O primeiro-ministro anunciou esta quarta-feira as novas medidas de confinamento geral, ao abrigo do projeto de decreto presidencial de estado de emergência.

António Costa reiterou que as medidas de confinamento geral, que entram em vigor a partir das 00:00 de 15 de janeiro, sexta-feira, estão projetadas para vigorar um mês, mas adiantou que o Governo vai reavaliá-las dentro de 15 dias.

Alguns dos candidatos à Presidência da República já reagiram ao anúncio do novo confinamento. André Ventura e Tiago Mayan Gonçalves atribuem responsabilidades ao Governo perante a subida exponencial dos números da pandemia. Já João Ferreira disse que temos perceber a decisão.

CONSULTE AQUI AS NOVAS MEDIDAS DO ESTADO DE EMERGÊNCIA.