Esquecidos

Conduzir a mudança na África do Sul 

A violência sexual é uma emergência 

A África do Sul tem uma das mais elevadas taxas de violência contra as mulheres em todo o mundo. Porém, os cuidados prestados às sobreviventes continuam a ser escassos e não são abrangentes.

Desde 2015, em parceria com o Departamento de Saúde do Noroeste, a organização Médicos sem Fronteiras providencia cuidados abrangentes e apoio a sobreviventes de violência sexual e de género no distrito de Bojanala, em Rustenburg.

A violência sexual é uma emergência. A MSF defende que os mesmos cuidados que ajuda a fazer chegar a Bojanala devem estar disponíveis a todas as sobreviventes em todo o país.

Outras histórias da MSF: