UEFA Euro 2020

Capitães de Alemanha e Inglaterra vão usar braçadeiras arco-íris nos oitavos do Euro

XXSTRINGERXX xxxxx

Alusão ao movimento LGBT+.

Os capitães das seleções de futebol da Alemanha e da Inglaterra, que se defrontam na terça-feira nos oitavos de final do UEFA Euro 2020, vão utilizar braçadeiras arco-íris, em alusão ao movimento LGBT+, anunciou a seleção inglesa.

A iniciativa de Manuel Neuer, guarda-redes alemão, e de Harry Kane, ponta-de-lança inglês, visa "marcar o fim do mês do Orgulho", informaram os britânicos.

UEFA arquiva inquérito à federação alemã por braçadeira colorida de Neuer

Nos dois primeiros jogos do UEFA Euro 2020, Manuel Neuer usou a braçadeira arco-íris, em vez da oficial, e foi alvo de investigação da UEFA, mas a Alemanha veio a revelar mais tarde que o organismo que rege o futebol europeu aceitou o seu argumento de que a braçadeira arco-íris é um símbolo de diversidade e pode, portanto, ser categorizada como uma "boa causa".

A polémica em torno da nova legislação húngara no que concerne ao movimento LGBT+ tem estado patente no Euro, com diferentes episódios, como a intenção manifestada pela autarquia de Munique de iluminar com as cores do arco-íris o estádio daquela cidade para o Alemanha-Hungria, do grupo F, no qual estava incluído Portugal, e também França.

A iniciativa rejeitada pela UEFA visava manifestar apoio à comunidade LGBT+ na Hungria, Estado-membro da União Europeia que aprovou recentemente uma lei que proíbe a divulgação de conteúdos sobre orientação sexual a menores de 18 anos.