Eutanásia

Adiada votação na especialidade da lei da eutanásia no Parlamento

Caitlin O'Hara

Com este adiamento, o diploma só chegará às mãos do Presidente da República depois das eleições presidenciais, agendadas para 24 de janeiro.

A votação da lei da eutanásia, na especialidade, foi esta quarta-feira adiada, a pedido do CDS-PP, na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

O pedido de adiamento pelo CDS, um direito de qualquer grupo parlamentar, foi anunciado por Luís Marques Guedes, presidente da comissão, antes de se começar o debate na especialidade da lei.

Os centristas, através do líder parlamentar, já haviam criticado "a pressa" na conclusão da lei, que foi aprovada, na generalidade, em fevereiro de 2020, a partir de projetos do PS, BE, PAN, PEV e Iniciativa Liberal.

Com este adiamento, o diploma só chegará às mãos do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, depois das eleições presidenciais, agendadas para 24 de janeiro.

  • Quem és tu, César?

    Extremos

    Quando a investigação da SIC percebeu que a vida publicada de César do Paço poderia ser fruto da imaginação do protagonista, fizemos alguns esforços para conhecer a verdadeira face do empresário. O essencial dessas descobertas será revelado na Grande Reportagem "Cifrões e outros demónios, 2ª edição", último episódio da série "A Grande Ilusão", mas o detalhe dos dois doutoramentos revelamo-lo já aqui.

    Pedro Coelho

  • 0:23