Ficou para a História

Ficou para a História

Alguns dos principais acontecimentos registados no dia 24 de maio, Dia Europeu dos Parques Naturais.

1844

- Samuel Morse inaugura linha de telégrafo nos EUA, entre Washington e Baltimore, com a mensagem "Eis o que Deus forjou".

Ilustração do momento em que Annie Ellsworth dita a Samuel Morse o primeiro telegrama.

Ilustração do momento em que Annie Ellsworth dita a Samuel Morse o primeiro telegrama.

AP

1947

- É criada a OCDE, para gerir o Plano Marshall de reconstrução da Europa destruída pela Segunda Guerra Mundial. Tem início o Fórum, com a presença do presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy. O Conselho ministerial reúne-se nos dias 25 e 26.

Taque nazi avança pela destruída aldeia francesa de Aisne, 1940.

Taque nazi avança pela destruída aldeia francesa de Aisne, 1940.

AP

1976

- França e Reino Unido abrem a ligação transatlântica do Concorde para Washington.

© STR New / Reuters

1980

- O Tribunal Internacional ordena ao Irão que liberte os reféns norte-americanos retidos na Embaixada norte-americana na capital iraniana. Teerão recusa.

Reuters

1994

- São condenados a 240 anos de prisão os autores do atentado ao World Trade Center, em Nova Iorque, em 1993.

© Romeo Ranoco / Reuters

2000

- As forças israelitas abandonam o sul do Líbano, pondo fim a 18 anos de ocupação.

© Reuters Photographer / Reuter

2005

- António Guterres é nomeado Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

© Reuters Photographer / Reuter

2006

- O Supremo Tribunal de Justiça rejeita o recurso do advogado das vítimas do Caso Camarate, confirmando a prescrição do Tribunal da Relação de Lisboa.
- O escritor angolano Luandino Vieira recusa o Prémio Camões 2006.

2009

- O cineasta estreante João Salaviza, de 25 anos, recebe a Palma de Ouro do Festival de Cannes pela curta-metragem "Arena".

2017

- O fundador do grupo SLN/BPN, Oliveira Costa, é condenado a uma pena de prisão efetiva de 14 anos por crimes de falsificação de documentos, fraude fiscal qualificada, burla qualificada e branqueamento de capitais. O coletivo de juízes do processo principal do caso BPN decide absolver os arguidos Ricardo Oliveira, Filipe Baião Nascimento e Hernâni Ferreira dos crimes de que eram acusados pelo Ministério Público.

  • Palestinianos boicotam cimeira organizada pelos EUA no Bahrein
    2:50
  • André Rieu fez um vídeo para os fãs portugueses
    0:38