Ficou para a História

Fernanda Ribeiro conquista o Ouro em Atlanta. O que ficou para a História a 3 de agosto

Principais acontecimentos registados no dia 3 de agosto.

1492

A armada de Cristóvão Colombo parte do porto andaluz de Palos, em direção à Índia e acabaria por chegar à América.

 1493 - Cristóvão Colombo regressa a Maiorca, no final da viagem de descoberta da América.

1493 - Cristóvão Colombo regressa a Maiorca, no final da viagem de descoberta da América.

AP

1847

Nasce o escocês Alexander Graham Bell, inventor do telefone.

1914

Grande Guerra 1914-18. A Alemanha declara Guerra à França e invade a Bélgica.

AP/ ARQUIVO

1946

Portugal apresenta o pedido de adesão à ONU, candidatura que é recusada devido à natureza ditatorial do regime.

AP/ ARQUIVO

1968

Oliveira Salazar cai de uma cadeira, no Forte de Santo António do Estoril. O agravamento do estado de saúde acusará a existência de um hematoma cerebral.

Oliveira Salazar

Oliveira Salazar

Peter J Carroll

1981

É criado o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

(Arquivo)

(Arquivo)

NUNO VEIGA / LUSA


1990

Conflito no Golfo. O Conselho de Segurança da ONU aprova a resolução 661 que impõe sanções ao Iraque por não ter cumprido a ordem de retirada imediata do Kuwait, imposta no dia anterior. Os EUA colocam uma força naval no Golfo Pérsico.

Patrick de Noirmont

1996

A atleta portuguesa Fernanda Ribeiro conquista a Medalha de Ouro na prova dos 10.000 metros dos Jogos Olímpicos de Atlanta.

Gary Hershorn

2014

O Banco de Portugal anuncia o fim do Banco Espírito Santo, um plano de capitalização de 4.900 milhões de euros e a separação dos ativos tóxicos ('bad bank') dos restantes que ficam numa nova instituição, o Novo Banco.


Vítor Bento revela que vai liderar o Novo Banco, a designação dada ao 'banco bom' que resultou da separação do Banco Espírito Santo, e garante que estão afastadas as "incertezas que ameaçavam a instituição".


A Comissão Europeia anuncia que aprova solução encontrada para o Banco Espírito Santo que inclui a criação de um 'banco bom', e adianta que a medida está em linha com as regras de ajuda dos Estados da UE.


O Governo garante que os contribuintes não terão de suportar os custos relacionados com o financiamento do Banco Espírito Santo e que a nova instituição será detida integralmente pelo Fundo de Resolução, segundo um comunicado do Ministério das Finanças.

Hugo Correia