Ficou para a História

Sismo no Japão faz mais de 150 mil mortos. O que ficou para a História a 1 de setembro

Principais acontecimentos registados no dia 1 de setembro.

1809

Saem em Lisboa os primeiros números dos jornais Novo Diário de Lisboa, Jornal de Lisboa, Mapa Político e Mensageiro.

1923

Sismo no Japão afeta as cidades de Tóquio e Yokohama, causando a morte a mais de 150 mil pessoas.

AP

1939

Começa a II Guerra Mundial. As forças nazis de Adolf Hitler invadem a Polónia.

1942

II Guerra Mundial. A Justiça federal da Califórnia decreta a detenção, em campos, de imigrantes japoneses e dos descendentes, nascidos nos EUA.

1969

Golpe militar na Líbia, dirigido por Muammar Khadafy, depõe a monarquia de Idris. Khadafy ascende ao poder.

SIC

1973

Guerra Colonial. Pela primeira vez, o presidente do Governo, Marcelo Caetano, admite que foram "cometidos excessos" na localidade de Chawola, Moçambique.

1975

O Metro de Lisboa inicia a exploração com composições de quatro carruagens.

1983

Guerra-fria. Um Boing 747 das linhas aéreas sul-coreanas é abatido por um avião de combate da URSS, ao entrar no espaço aéreo soviético. Morrem 269 pessoas.

1985

São descobertos os primeiros destroços do Titanic. A popa do navio é a primeira metade a ser encontrada.

AP

1991

É inaugurada a ponte sobre o Guadiana, entre Portugal e Espanha.

2008

A Ossétia do Sul, uma região separatista da Geórgia, torna-se independente, com o apoio de tropas russas.

2018

O Tribunal Superior Eleitoral do Brasil rejeita a candidatura de Lula da Silva às presidenciais de outubro.