Ficou para a História

A morte de Steve Jobs. O que ficou para a História a 5 de outubro

Principais acontecimentos registados no dia 05 de outubro, Dia da Implantação da República Portuguesa e Dia Mundial dos Professores.

1799

- Morre, aos 68 anos, o poeta António Diniz da Cruz e Silva, autor de "O Hissope".

1864

- Nasce Louis Lumière, cofundador do cinema com o irmão Auguste.

1880

- Morre, aos 61 anos, o compositor francês de origem alemã Jacques Offenbach, autor de "Os Contos de Hoffmann".

1910

- A República Portuguesa é proclamada da varanda da Câmara de Lisboa, por José Relvas. Portugal soma 767 anos de independência.

PEDRO NUNES

1911

- Primeira tentativa de levantamento monárquico no Norte, sob o comando de Paiva Couceiro.

1950

- O Sporting venceu o Benfica por 8-1, no estádio José de Alvalade.

1962

- Os Beatles editam o primeiro disco "Love me Do".

1983

- O Prémio Nobel da Paz é atribuído ao líder sindical polaco Lech Walesa.

CZAREK SOKOLOWSKI


1987

- A Rádio Alfa vai para o ar pela primeira vez.

1988

- O povo do Chile recusa, em referendo, a permanência no poder do ditador Augusto Pinochet.

1989

- O Prémio Nobel da Paz é atribuído a Dalai Lama, líder espiritual do Tibete no exílio.

INGE GJELLESVIK


2004

- O Prémio Nobel da Física é atribuído os norte-americanos David Gross, David Politzer e Frankl Wilczeck.

2005

- O Prémio Nobel da Química é atribuído ao francês Yves Chauvin e aos norte-americanos Robert Grubbs e Richard Schrock, pelas investigações na área da Química Orgânica.

CHRISTOPHE ENA

2008

- Pelo menos 65 pessoas morrem e mais de 100 ficam feridas num sismo no sul do Quirguistão, perto da fronteira com a China.


2011

- Morre, aos 66 anos, Steve Jobs, cofundador, presidente e diretor executivo da Apple Inc e diretor executivo da empresa de animação por compuitação gráfica Pixar.

Kimberly White

2018

- O prémio Nobel da Paz é atribuído ao médico congolês Denis Mukwege e à ativista de Direitos Humanos Nadia Murad.

2019

- O bispo Tolentino Mendonça torna-se cardeal numa cerimónia no Vaticano. É sexto cardeal português deste século e o 46.º da história.