Ficou para a História

II Guerra Mundial: rendição do exército alemão. O que ficou para a História a 7 de maio

Principais acontecimentos registados no dia 7 de maio.

1342

Clemente VI, protetor da Universidade de Lisboa, é investido Papa.

1800

O superintendente-geral dos Correios de Portugal José Diogo de Mascarenhas reforma os serviços e cria a função de carteiro.

CLAUS HAMPEL

1832

Independência da Grécia sob proteção do Reino Unido, França e Rússia.

AP/ Arquivo

1891

Crise económica, política e financeira. O Governo português autoriza o Banco de Portugal a suspender a conversão das notas em ouro.

1910

O cometa Halley, o primeiro a ser reconhecido como periódico (75-76 anos), passa pela Terra.

CANVA

1915

Grande Guerra de 1914-18. Os alemães afundam o transatlântico britânico Lusitânia. Morrem cerca de 1.100 pessoas.

Uncredited

1945

II Guerra Mundial. O exército alemão rende-se incondicionalmente.

1974

O chanceler alemão federal Willy Brandt é substituído pelo ministro das Finanças Helmut Schmidt.

Willy Brandt, chanceler da Alemanha Ocidental (à esquerda) com Willi Stoph, líder do executivo da Alemanha de Leste, numa foto de 1970.

Willy Brandt, chanceler da Alemanha Ocidental (à esquerda) com Willi Stoph, líder do executivo da Alemanha de Leste, numa foto de 1970.

Heinrich Sanden Jr./ AP

1995

O gaulista Jacques Chirac é eleito Presidente da República Francesa.

MICHEL EULER

2001

Ronald Biggs, cérebro do assalto ao comboio-correio Glasgow-Londres, em 1963, regressa ao Reino Unido, onde é detido pela polícia.

ASSOCIATED PRESS

2013

Morre Ray Harryhausen, considerado uma lenda de Hollywood como pioneiro de efeitos visuais, aos 92 anos, em Londres.

Mike Appleton

2014

O arquiteto norte-americano Frank Gehry é galardoado com o Prémio Príncipe das Astúrias das Artes 2014, em reconhecimento da "relevância e repercussões das suas criações" em vários países, com os quais "definiu e impulsionou a arquitetura".

Eloy Alonso/ Reuters

2016

O candidato do Partido Trabalhista, Sadiq Khan, é confirmado vencedor da eleição para presidente da Câmara Municipal de Londres ("mayor"), interrompendo o domínio de oito anos do partido Conservador na capital britânica.


O primeiro-ministro, António Costa, inaugura o Túnel do Marão.