Ficou para a História

Rutura de barragem em Itália causou 300 mortos em 1985. O que ficou para a História a 19 de julho

Gianni GIANSANTI

Principais acontecimentos registados no dia 19 de julho, Dia da Reserva Natural do Estuário do Tejo:

1886

Morre, aos 31 anos, o poeta português Cesário Verde, autor de "Cristalizações" e de "O Sentimento de Um Ocidental".

1903

Começa a primeira Volta à França em bicicleta.

1911

É criado o Museu de Arte Contemporânea, a partir da seleção das obras de arte existentes no Museu de Arte Antiga, posteriores a 1850, e é instalado no Convento de S. Francisco, num espaço vizinho da Academia de Belas Artes. É nomeado o pintor Carlos Reis como seu primeiro diretor.

1966

É criado o CDS, liderado por Diogo Freitas do Amaral e Adelino Amaro da Costa.

JOHN MARSHALL MANTEL

1976

Abertura da primeira sessão Legislativa da Assembleia Regional da Madeira.

1986

As autoridades soviéticas demitem quatro funcionários da Central de Chernobyl e responsabilizam os trabalhadores pelo desastre nuclear.

TASS

1985

Rutura da barragem de Stava, em Itália, inunda povoações e causa 300 mortos.

Gianni GIANSANTI

1997

O IRA determina o cessar-fogo incondicional, na perspetiva de relançamento do acordo de paz para a Irlanda do Norte.

2011

Portugal conquista pela segunda vez o título mundial de futebol de praia, ao vencer na final o Taiti, por 5-3, em Espinho.

2013

O secretário-geral do PS, António José Seguro, faz uma declaração ao país em que anuncia o fim do processo de diálogo tripartido e acusa os dois partidos da maioria (PSD e CDS-PP) de inviabilizarem o acordo de salvação nacional.

2019

O parlamento aprova alterações ao Código do Trabalho, com o voto do PS e a abstenção do PSD e do CDS, que estabelecem o alargamento do período experimental de 90 para 180 dias para jovens à procura do primeiro emprego e desempregados de longa duração.