Furacão Lorenzo

Rajada máxima registada pelo IPMA foi de 163 km/h no Corvo

Arquivo

Miguel Vidal

Rajada de vento foi registada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, à passagem do furacão "Lorenzo" pelos Açores.

A rajada em causa, precisou a fonte, foi registada às 08:25 locais, menos uma hora do que em Portugal continental.


A estação meteorológica que detetou a rajada situa-se no aeroporto do Corvo, mas o IPMA assinala que, especialmente nas zonas mais altas das ilhas, é possível que tenha havido já rajadas de maior velocidade não detetadas, pela ausência de equipamentos.


O número de ocorrências nos Açores devido ao furacão "Lorenzo" aumentou para 82, estando 41 resolvidas e 41 em curso, segundo uma nota divulgada pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros do arquipélago.


"Destas 82 ocorrências, 30 foram registadas na ilha do Faial, 16 na ilha das Flores, 12 na ilha de São Jorge, quatro na ilha Terceira, 13 na ilha do Pico, duas no Corvo e três na Graciosa, estando relacionadas, sobretudo, com obstruções de vias, danos em habitações, quedas de árvores e inundações e galgamentos costeiros", avançou a Proteção Civil açoriana.

Lusa