Queda do BES

Marcelo sobre a acusação no caso GES: “Mais vale tarde que nunca”

O Presidente da República considera importante que os portugueses possam acreditar na Justiça.

O Ministério Público acusou na terça-feira 25 arguidos na queda do Grupo Espírito Santo por prejuízos de valor superior a 11.800 milhões de euros.

Esta quarta-feira, o Presidente da República disse que esta a acusação revela que os portugueses podem confiar na Justiça.

Marcelo Rebelo de Sousa considera uma “boa notícia” que as investigações continuem, mesmo quando envolvem magistrados, até para mostrar que “não há ninguém titular de órgão de soberania acima da lei”.

O chefe de Estado lembra ainda que não só este caso tem conhecido desenvolvimentos nos últimos tempos, algo que considera importante, e diz mesmo que “mais vale tarde do que nunca”.

Saiba mais no Especial Queda do BES

Veja também: