Guerra Rússia-Ucrânia

Futuro Hoje: drones de guerra estão entre as armas temidas

05.04.2022 23:46

Em contexto de guerra, dos mais simples aos mais sofisticados, têm sido usados pela Rússia e Ucrânia.

Os veículos aéreos não tripulados, também conhecidos com drones, têm vários usos. No entanto, em contexto de guerra, dos mais simples aos mais sofisticados, têm sido usados pela Rússia e Ucrânia e estão entre as armas mais temidas.

Os aparelhos mais sofisticados usados pelos ucranianos são provavelmente os drones turcos TB2. São os primeiros drones que a Turquia decidiu exportar com algum sucesso. Podem manter-se no ar até 27 horas com a dupla missão de observação e ataque e transportam armas anti-tanque também fabricadas na Turquia. Foram essenciais para travar o avanço das grandes deslocações dos exército russo por estrada.

Os drones e sua munição são preciosos para as forças ucranianas. Atacam de preferência veículos de transporte de combustível ou de munições, uma vez que, estes provocam a maiores explosões ao ponto de destruir também os veículos que estejam mais próximos.

O exército russo também tem obviamente capacidades de deteção sofisticadas. Usam também aparelhos como o Fowpost, uma versão russa fabricada sob licença dos israelitas que fizeram o Searcher II.

Muitas das imagens que nos chegam são feitas com drones, e sobretudo do lado ucraniano, servem para mostrar a destruição de material militar das colunas russas, mas também para denunciar os resultados dos bombardeamentos russos.

Não sendo a primeira vez que são utilizados em cenário de guerra, os drones massificaram-se como uma nova classe de armas.

Últimas Notícias