Guerra Rússia-Ucrânia

Maioria da população de Nikopol dorme em abrigos

Enviados SIC

Loading...
Os enviados da SIC visitaram um dos abrigos na cidade.

A cidade ucraniana de Nikopol, perto da central nuclear de Zaporíjia, é alvo de bombardeamentos há semanas e só agora foi permitida a entrada de jornalistas.

Os enviados da SIC, Carolina Reis e Rafael Homem, testemunharam esta segunda-feira a forma como a população tem vivido em abrigos.

A Rússia, que invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro, controla a central de Zaporijia desde o início de março. As forças ucranianas e russas acusam-se mutuamente de ataques que podem provocar um desastre nuclear.

A Ucrânia tem quatro centrais nucleares em funcionamento, com um total de 15 reatores, seis dos quais na de Zaporijia, a maior do género na Europa.

O acidente nuclear mais grave de sempre ocorreu em solo ucraniano, em 1986, na central de Chernobyl, quando a Ucrânia fazia parte da antiga União Soviética.

Após mais de seis meses de guerra na Ucrânia, desconhece-se o número de baixas civis e militares, mas diversas fontes, incluindo a ONU, têm alertado que será elevado.

Últimas Notícias
Mais Vistos