Harry & Meghan

Renovação da casa de Harry e Meghan custou 2,4 milhões aos britânicos

Hannah Mckay

Os duques de Sussex pagaram os móveis e peças decorativas.

A renovação da casa dos duques de Sussex, Harry e Meghan, custou 2,4 milhões de libras aos contribuintes britânicos, segundo contas divulgadas pela família real britânica na segunda-feira.

“A propriedade não era objeto de trabalho há alguns anos (…). As estruturas obsoletas foram substituídas para garantir o futuro a longo prazo da propriedade” que data do século XIX, justificou o responsável pelas finanças reais britânicas, Michael Stevens.

Os trabalhos na Frogmore Cottage, para onde os duques se mudaram em maio, antes do nascimento de Archie, contemplaram a junção de cinco residências que estavam divididas numa só, a substituição do chão, de componentes elétricos, vigas defeituosas e a instalação de sistemas de aquecimento.

No total, a renovação custou 2,4 milhões de libras (cerca de 2,7 milhões de euros) e demorou seis meses a completar. O montante foi desembolsado pelo "Sovereign Grant", um fundo que cobre as despesas anuais da Rainha, entre as quais a manutenção dos palácios.

Segundo a Reuters, uma fonte do palácio real explicou que os duques de Sussex pagarem as peças decorativas e móveis em particular.