Harry & Meghan

Harry e Meghan acusados de hipocrisia

Hannah Mckay

Críticos consideram que as ações de Harry e Meghan contradizem a sua posição pública.

Ativistas ambientais têm acusado os duques de Sussex de hipocrisia, depois de terem usado um jato privado para fazer duas viagens - uma delas para França e outra para Ibiza - com apenas alguns dias de intervalo.

Os críticos consideram que as ações de Harry e Meghan contradizem a sua posição pública sobre as alterações climáticas, dado que o setor dos transportes aéreos é responsável por uma boa parte das emissões poluentes.

Ainda no início de agosto, Harry disse, numa entrevista com a ativista Jane Goodall, que planeia ter apenas dois filhos no máximo, de maneira a proteger o planeta. Para além destas declarações, o casal tem utilizado a conta de Instagram para chamar a atenção para o problema climático.

"Com quase 7,7 mil milhões de pessoas a habitar a Terra, cada escolha, cada pegada, cada ação faz a diferença", afirmou Harry.

Instagram

Vários utilizadores da rede social questionaram o duque e a duquesa de Sussex acerca das viagens de jato privado, argumentando que o discursso do casal real não está em conformidade com as atitudes.

O especialista em questões da Casa Real, Richard Fitzwilliams, disse à CNN que, dado o estatuto, Harry e Meghan não podem voar em companhias aéreas comerciais. Contudo, considera que o casal precisa de estar ciente de como isso é percebido pelo público, dado as ideias que defendem.

O Palácio de Buckingham recusou-se a comentar quando foi abordado pela CNN.