I Liga

"Dias maus toda a gente tem" e Adán "é a minha escolha", diz Rúben Amorim

Loading...

O treinador do Sporting admite que a equipa "não vive o melhor momento" e volta a defender o guarda-redes Adán.

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, assegurou esta sexta-feira a titularidade do guarda-redes Adán com o Santa Clara, da nona ronda da I Liga de futebol, afirmando que "22 minutos não apagam 92 jogos e quatro títulos" e que ele será a sua escolha.

"O Adán continua a dar todas as garantias. 22 minutos não apagam 92 jogos e quatro títulos. Não teve um dia tão bom, mas continua, a meu ver, a ser o guarda-redes mais preparado para iniciar o jogo. Este jogo é muito mais importante do que o Marselha", afirmou o técnico do clube 'verde e branco', em conferência de imprensa de antevisão.

O espanhol teve culpas nos dois primeiros golos dos franceses do Marselha e terminou expulso, tudo nos primeiros 22 minutos da partida de terça-feira, da terceira ronda da Liga dos Campeões, mas continua a merecer a confiança de Rúben Amorim na baliza.

"O Adán foi o primeiro a perceber o que aconteceu. A seguir ao primeiro golo, ficou a pensar nisso, no segundo golo ficou a pensar no primeiro e na expulsão ficou a pensar no segundo golo. Nunca conseguiu reagir. Isso pode acontecer a qualquer um, mesmo a jogadores experientes. Se fôssemos falar com o Antonio e ele não tivesse noção do que se passou, isso é que era grave. Dias maus todos temos", justificou Rúben Amorim.

O treinador dos 'leões' considerou que Adán "pôs a fasquia num patamar tão elevado que se nota bastante quando baixa um pouco" e percebe que existem momentos na carreira dos jogadores em que "as coisas não correm tão bem" e em que "precisam de ajuda".

"Entendo que o Adán deve continuar na equipa para ela ganhar. Para além de ajudar cada jogador, o meu grande objetivo é que o Sporting vença o jogo e acho que está mais perto disso com o Adán. Quando entender que o Franco [Israel] deve ser titular, ele vai ser de caras porque não olho a nomes. O meu objetivo é ganhar jogos. Com o Santa Clara vão jogar os melhores e para mim o Adán é o melhor guarda-redes", disse.

Coates integra a convocatória para os Açores

O capitão Coates está recuperado e integra a convocatória para os Açores, sendo essa a única novidade, em dias de preparação "normal", após a partida "atípica" em França.

"Estamos preparados para o Santa Clara, onde temos de ganhar e subir na tabela. Uma derrota não nos tira o foco, ainda estamos em primeiro lugar na Liga dos Campeões e, agora, temos de subir na tabela. A preparação foi a normal de um clube grande, com o objetivo de ganhar e a exigência sempre máxima", expressou o treinador, de 37 anos.

O Sporting perdeu na visita aos açorianos na temporada transata, mas Rúben Amorim rejeitou a existência de 'fantasmas': "Ainda falta muito campeonato e sou responsável. Se há pessoa animada e com fé de que tudo pode mudar, essa pessoa tem de ser eu. O que queremos é ganhar e sentir a sensação de vitória atrás de vitória", frisou o técnico.

Os 'leões', sétimos classificados, com 13 pontos, defrontam o Santa Clara, que ocupa a 16.ª e antepenúltima posição, com cinco, em jogo da nona jornada da I Liga de futebol, no sábado, no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, pelas 14:30 locais (15:30 em Lisboa), com arbitragem de Artur Soares Dias, da associação do Porto.

Últimas Notícias
Mais Vistos