Incêndio na Notre-Dame

Futebol francês vai ajudar na reconstrução de Notre-Dame

Christophe Ena

A catedral foi fustigada por um incêndio na tarde de segunda-feira.

A presidente da Liga Francesa de Futebol (LFF), Nathalie Boy, disse hoje que o futebol gaulês vai mobilizar-se para ajudar financeiramente na reconstrução da catedral de Notre-Dame, que ficou muito danificada na segunda-feira devido a um incêndio.

"O mundo do futebol francês vai mobilizar-se para poder ajudar financeiramente na reconstrução da catedral, que faz parte do nosso património", afirmou Nathalie Boy.

A presidente da LFF referiu que "a ajuda vai ser coordenada com todos os agentes do futebol francês".

O incêndio na catedral de Notre-Dame, um dos edifícios icónicos de Paris e da arte gótica, começou na segunda-feira à tarde e foi declarado extinto pelas autoridades francesas pouco antes das 10:00 de hoje (09:00 em Portugal).

No local, o Presidente francês, Emmanuel Macron, afirmou que o pior tinha sido evitado e prometeu que a catedral do século XII será reconstruída.

A tragédia de Notre-Dame gerou mensagens de pesar e de solidariedade de chefes de Estado e de Governo de vários países, incluindo Portugal, bem como do Vaticano e da ONU.

"Majestoso e sublime edifício", como escreveu em 1831 o escritor francês Victor Hugo no seu romance "Notre-Dame de Paris", a catedral foi construída em 1163 e iniciou a função religiosa em 1182.

Lusa.

  • "Via Sacra" em destaque na Edição da Manhã
    4:43
  • Árbitra de 18 anos agredida por treinador
    13:01
  • Eleições em Espanha: o que dizem as sondagens
    3:46