Incêndios em Portugal

Incêndio de Casteleira começa a "ceder aos meios"

Incêndio de Casteleira começa a "ceder aos meios"
NUNO ANDRÉ FERREIRA
Não há habitações ou infraestruturas em risco.

Quatro incêndios estão este sábado ativos em zonas rurais, sendo o de Casteleira, Sabugal, o que merece mais atenção, disse à agência Lusa fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

O incêndio no concelho de Sabugal, distrito da Guarda, deflagrou na sexta-feira (17:11) e está a ser combatido por 155 operacionais, com recurso a 39 veículos e o apoio de quatro meios aéreos.

"O fogo está a ceder aos meios", afirmou a fonte, acrescentando que as chamas lavram com mais intensidade em algumas zonas de difícil acesso, onde atuam os meios aéreos.

Não há habitações ou infraestruturas em risco, de acordo com a mesma fonte.

O site da ANEPC assinala um total de 221 incêndios em Portugal continental, 187 dos quais em curso, três em resolução e 31 em conclusão. O combate às chamas envolve 1.357 operacionais, 425 veículos e seis meios aéreos.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou na sexta-feira mais de 50 concelhos dos distritos de Braga, Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Coimbra e Castelo Branco em perigo máximo de incêndio rural.

O IPMA colocou também vários concelhos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Vila Real, Bragança, Viseu, Coimbra, Leiria, Castelo Branco, Guarda, Santarém, Portalegre, Lisboa, Beja e Faro em perigo muito elevado e elevado de incêndio rural.

O perigo de incêndio rural vai manter-se elevado em algumas regiões do continente pelo menos até terça-feira, indicou o Instituto.

Últimas Notícias
Mais Vistos