Insólitos

A história de Forbes, o gato que esteve desaparecido durante 10 anos

Reprodução/SPCA Escócia

Reencontro com os donos já aconteceu: “É um sonho tornado realidade”.

Forbes, um gato que desapareceu em 2011 em Aberdeen, na Escócia, reencontrou os donos ao fim de 10 anos. Tudo graças ao microchip que os donos lhe tinham colocado, que permitiu identificá-lo e entrar em contacto com Neil e Lucy.

Forbes desapareceu em 2011 e os seus donos procuraram-no durante meses. Chegaram a imprimir cartazes com a sua fotografia e entregá-los, porta a porta, na zona onde viviam, em Rosemount. Mas o gato nunca apareceu. Até agora.

O reencontro

Ao fim de 10 anos, Forbes voltou a reunir-se com a família. Foi encontrado a apenas cerca de três quilómetros de casa, pela Sociedade para a Prevenção da Crueldade Animal escocesa.

“A minha mulher ligou-me enquanto eu conduzia na autoestrada e mandou-me parar o carro na berma. Eu não estava preparado para ouvi-la dizer que o Forbes tinha sido encontrado”, afirmou Neil Henderson à BBC.

“Quando o trouxeram até nós, reconheci-o imediatamente. (…) Nunca pensámos que o voltaríamos a ver. É um sonho tornado realidade”.

Reprodução/SPCA Escócia

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia