Jogos Olímpicos

Surfista Frederico Morais testa positivo à covid-19 e falha Jogos Olímpicos

Noah Berger

Teresa Bonvalot e Yolanda Sequeira serão as representantes portuguesas no surf olímpico.

O surfista Frederico Morais é baixa na comitiva portuguesa dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, depois de testar positivo à covid-19 antes de partir rumo à capital do Japão.

"As últimas 24 horas têm sido muito complicadas. Gerir a possibilidade de não poder comparecer nos Jogos Olímpicos foi talvez mais difícil do que ter a certeza. É com muita pena que anuncio que estou infetado com covid-19 e por isso não poderei representar Portugal. Tive todos os cuidados, estou completamente vacinado há mais de um mês, no entanto, acabei por contrair o vírus. Estou bem, sinto-me bem e vou cumprir o meu isolamento", disse "Kikas", nome pelo qual também é conhecido.

O surfista natural de Cascais, de 29 anos, tinha viagem prevista para hoje para a capital nipónica, a fim de se juntar às compatriotas Yolanda Sequeira e Teresa Bonvalot, que vão participar nas competições de surf, na praia de Tsurigasaki, a cerca de 100 quilómetros, a partir de domingo.

"Estarei a acompanhar todos os segundos da nossa seleção e tenho muito orgulho em fazer parte deste grupo que certamente representará Portugal da melhor forma", afirmou ainda o surfista.

Com a ausência de Frederico Morais, 11.º do circuito mundial de surf, que tinha assegurado a vaga nos Jogos Mundiais de Surf, de 2019, a Missão de Portugal a Tóquio2020 fica reduzida a 91 participantes, em 17 modalidades.

A SIC EM TÓQUIO