Jogos Olímpicos

Tóquio 2020. João Almeida em 13.º no ciclismo

(Arquivo)

Tim de Waele

Prova de fundo masculina de ciclismo de estrada ganha a solo pelo equatoriano Richard Carapaz.

O português João Almeida foi este sábado 13.º classificado na prova de fundo masculina de ciclismo de estrada dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ganha a solo pelo equatoriano Richard Carapaz.

Carapaz, de 28 anos, cumpriu os 234 quilómetros entre o Parque Musashinonomori e a Pista Internacional de Fuji em 6:05.26 horas, num triunfo a solo com 1.07 minutos de vantagem para o belga Wout van Aert, que levou a prata ao 'sprint' face ao esloveno Tadej Pogacar, terceiro.

Almeida chegou em 13.º, a 3.03 minutos do vencedor, no que foi a sua estreia em Jogos Olímpicos, enquanto Nelson Oliveira foi 41.º, a 10.12, nos terceiros Jogos: abandonou no Rio2016 e foi 69.º em Londres2012, no fundo, com um sétimo lugar no contrarrelógio de há cinco anos.

Os portugueses voltam à ação na quarta-feira, para um contrarrelógio de 44,2 quilómetros com início e fim na pista de Fuji, com Portugal a ter ainda Maria Martins no ciclismo de pista e Raquel Queirós no 'cross country' olímpico, dentro do ciclismo.

A SIC EM TÓQUIO

VEJA TAMBÉM:

  • 4:21