Jogos Olímpicos

De chef a campeã olímpica. Britânica faz história na final de BMX

FAZRY ISMAIL

Tornando-se a primeira mulher a completar um backflip 360 numa competição de BMX.

Charlotte Worthington tornou-se, no domingo, campeã olímpica e a primeira mulher a completar um backflip 360 em competições desportivas, ao vencer a final de estilo livre feminino de BMX Park nos Jogos Olímpicos com 97,50 pontos.

Há apenas três anos, a britânica trabalhava como chef num restaurante antes de ter decidido seguir o sonho de se tornar ciclista de BMX. Este domingo, tornou-se campeã olímpica na modalidade, conquistando o ouro.

“Em 2018 (…) descobri que o BMX faria parte das Olimpíadas e que a equipa britânica estava a preparar uma equipa. A partir daí foi uma espécie de bola de neve”, contou, citada pela CNN, revelando que não voltará a “olhar para o passado, para os tempos em que trabalhava numa cozinha”.

Primeira mulher a completar um backflip 360 numa competição de BMX

Charlotte Worthington falhou à primeira tentativa, mas à segunda foi de vez, tornando-se a primeira mulher a fazer um backflip de 360 graus numa competição. No fim, mostrou-se “extremamente orgulhosa” por ter conseguido.

“Era um dos meus maiores objetivos (…). À segunda vez estava pronta para dar tudo de mim. Assim que acertei na manobra, eu sabia que estava na disputa [pela medalha].”

A SIC EM TÓQUIO

CONSULTE AQUI O MEDALHEIRO OLÍMPICO