Jogos Olímpicos

Tóquio 2020. Luciana Diniz 10.ª nos saltos após penalização na final

Amr Abdallah Dalsh

A cavaleira derrubou o penúltimo obstáculo e teve uma penalização de quatro pontos.

A cavaleira portuguesa Luciana Diniz foi esta quarta-feira 10.ª na final de saltos de obstáculos dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, após sofrer uma penalização que a impediu de lutar pelas medalhas.

No Parque Equestre de Tóquio, e num circuito diferente do da véspera, Luciana, montando Vertigo du Desert, concluiu a prova em 84,69 segundos, derrubando o penúltimo obstáculo, para uma penalização de quatro pontos, que a colocou fora da discussão dos primeiros lugares num jump off.

Na terça-feira, no apuramento, a luso-brasileira, de 50 anos, tinha cumprido a prova em 85,62 segundos, sem qualquer penalização. O melhor foi o britânico Ben Maher, com 81,34.

Em Londres2012, teve o azar de perder o estribo no fim do seu percurso, sendo 17.ª, e, no Rio2016, fez falta no último obstáculo, ficando em nono lugar. Em Atenas2004, tinha sido 38.ª, em representação do Brasil.

ACOMPANHE O ESPECIAL JOGOS OLÍMPICOS

A SIC EM TÓQUIO

VEJA MAIS: