Jogos Olímpicos

Tóquio 2020. Ganhou o combate de boxe, tirou as luvas e mostrou as unhas pintada

XXSTRINGERXX xxxxx

O atleta australiano Harry Garside quis deixar uma mensagem contra os estereótipos de género.

Depois de vencer o adversário, nos quartos de final de boxe, o pugilista Harry Garside tirou as luvas e exibiu as unhas pintadas de branco - cada uma com uma linha de uma cor diferente, lembrando um arco-íris. O objetivo do atleta australiano é “acabar com os estereótipos”.

“Eu fi-las hoje [segunda-feira]. Só quero acabar com os estereótipos, ser honesto. Sou grande fã disso”, explicou o atleta aos jornalistas, citado pela Fox Sports. “Existem muitas pessoas por aí que sentem que têm de ser algumas coisas porque são homens ou mulheres”

Aos 24 anos, Harry Garside é canalizador certificado, pugilista olímpico medalhado e dançarino de ballet. Decidiu iniciar a prática de ballet para melhorar as suas técnicas de boxe.

Ao vencer ao atleta do Cazaquistão, Zakir Safiullin, Garside garantiu o bronze e tornou-se o primeiro pugilista australiano a receber uma medalha em 33 anos.

Pretendendo mudar as mentalidades, o atleta chegou a pensar usar um vestido na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos, mas acabou por não o fazer

“Sou a favor de ser diferente. Eu ia usar um vestido na cerimónia de abertura. Mas eu não queria ofender ninguém”, diz, acrescentando que acreditar que “algumas pessoas podiam levar a mal, por isso esta é a minha forma de mostrar algo”.

Harry Garside irá defrontar o cubano Andy Cruz, na próxima sexta-feira, na semi-final.

A SIC EM TÓQUIO

CONSULTE AQUI O MEDALHEIRO OLÍMPICO

VEJA MAIS: