Jornada Mundial da Juventude

Infraestruturas das Jornadas Mundiais da Juventude "devem ter em mente dimensão do encontro"

Infraestruturas das Jornadas Mundiais da Juventude "devem ter em mente dimensão do encontro"
DR

As Jornadas Mundiais da Juventude deverão acolher um milhão de peregrinos e a Fundação JMJ Lisboa 2023 defende que todas as infraestruturas para o evento "devem ter em mente a dimensão do encontro".

A Fundação Jornada Mundial da Juventude defendeu que todas as infraestruturas para o evento "devem ter em mente a dimensão do encontro", que deve acolher um milhão de peregrinos, e comprometeu-se a divulgar os custos do evento.

"Todas as infraestruturas associadas - sendo que, até à data, o Parque Tejo é o local confirmado para os eventos centrais (vigília e missa final) - devem ter em mente a dimensão do encontro. Percebemos bem a dificuldade de visualizar e apreender a dimensão da JMJ [Jornada Mundial da Juventude] e a escala necessária para o encontro de cerca de um milhão de peregrinos com o Papa - para a qual não existem infraestruturas preparadas em Lisboa", lê-se numa resposta da fundação.

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) adjudicou por ajuste direto a construção do palco-altar da JMJ, que vai custar mais de cinco milhões de euros, o que motivou queixas de "falta de transparência" por parte da oposição ao executivo de Carlos Moedas e um pedido do Chega para que o presidente da CML vá ao Parlamento explicar os custos do evento que traz o papa Francisco a Portugal em agosto.

Segundo a informação disponibilizada no Portal Base da Contratação pública, a construção do palco-altar "foi adjudicada por 4,24 milhões de euros (mais IVA)", somando-se ainda a esse valor "1,06 milhões de euros para as fundações indiretas da cobertura".

"A Fundação JMJ compromete-se a divulgar, ao longo do projeto, os custos e os investimentos deste acontecimento inédito para o nosso país que são da sua responsabilidade", acrescenta ainda a fundação na nota.

Na quarta-feira, Carlos Moedas disse que sabia que a construção do altar-palco para a JMJ ia ficar muito cara, indicando que será realizada com as especificações da Igreja.