Legislativas 2019

“Se tivesse havido interferência indevida, o secretário de Estado tinha sido demitido”

“Se tivesse havido interferência indevida, o secretário de Estado tinha sido demitido”

Em causa o parecer à PGR sobre incompatibilidade de governantes.

António Costa esclarece que o parecer solicitado à PGR a propósito de negócios de familiares de governantes com o Estado surgiu de uma necessidade de interpretação da lei. Garante que saberá julgar comportamentos de membros do Governo independentemente do entendimento da lei, e que se tivesse havido interferência indevida, o secretário de Estado da Proteção Civil teria sido demitido.

  • Projeto Tejo divide agricultores e ambientalistas
    13:30
  • Reis de Espanha em visita polémica a Havana
    1:24

    Mundo

    Na justificação oficial, esta visita destina-se a estreitar os laços económicos e financeiros entre os dois países. Uma viagem polémica, tanto para espanhóis como para cubanos.